Senado deve votar Reforma Trabalhista no Plenário antes do recesso

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à reforma trabalhista e sem alterações ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados. A CCJ também aprovou o regime de urgência para o projeto, ou seja, o texto já pode ser votado em plenário após duas sessões.